Rian Johnson reagiu às críticas Martin Scorsese

Rian Johnson partilhou o seu pensamento sobre os comentários do Scorsese sobre os filmes da Marvel. São comentários nada amigáveis como, os filmes da Marvel não são “cinema“…os filmes da Marvel não transmitem experiências emocionais e psicológicas. Anteriormente, o actor de Nick Fury, Samuel L. Jackson, o cineasta Kevin Smith e muitos outros responderam a essas criticas.

Durante uma aparição no BFI London Film Festival, o director de Star Wars: O último Jedi, Rian Johnson, também compartilhou seus pensamentos sobre o assunto.

“O valor de um filme que é como um parque temático, por exemplo, os filmes da Marvel, onde os cinemas se tornam parques de diversões, são uma experiência diferente. Como eu dizia anteriormente, não é cinema, é outra coisa. Se você concorda com isso ou não, é outra coisa e não devemos ser invadidos por isso. Isso é um grande problema, e precisamos que os proprietários das salas de cinema se imponham para permitir que os cinemas mostrem filmes narrativos.” – disse Martin Scorsese no BFI London Film Festival

Um fã perguntou a Rian Johnson sobre o que achava das críticas do Scorsese, Johnson rapidamente estabeleceu que Scorsese tinha direito a seus próprios pensamentos e preferências.

“Antes de tudo, acho que Martin Scorsese pode gostar e não gostar do que ele quiser, e eu acho que sempre quero ouvir o que Scorsese tem a dizer sobre filmes e ouvir sua perspectiva sobre eles”. Johnson disse.

Mas também observou que, em certa medida, o Twitter pode ter contribuído para exagerar na proporção dos comentários.

“Fico no Twitter demais, qualquer um que esteja no Twitter está no Twitter e vou dizer, quero dizer, acho que, você sabe, adoro filmar o Twitter”, continuou ele. “Estou muito entretido com isso e acho que também há um padrão de indignação que é apenas um padrão e é apenas um padrão levemente mercantilizado…é só um fragmento de uma entrevista, a parte mais louca de tudo colocada em uma manchete e fazendo todo mundo twittar, ‘f***-se’ de um lado para o outro. Pode ser divertido, mas fica entediante depois de um tempo, eu acho. Sou alguém que adora coisas pequenas, mas também adoro coisas grandes, também amo franquias. “

Deixe-nos saber nos comentários o que você acha dessa polémica toda.