A novel Shini Yasui Koushaku Reijou (Deathbound Duke’s Daughter) ganhará mangá em junho

A light-novel está sendo publicada pela J-Novel Club em inglês.

A edição de julho da revista Monthly Action, da editora Futabasha revelou no ínicio desta semana que a novel Deathbound Duke’s Daughter (Shini Yasui Koushaku Reijou) do autor Terasu Senoo e Munashichi  Munashichi (ilustração), estão inspirando uma adaptação de mangá por Izo Suzuki que será lançada na próxima edição da revista em 25 de junho.

Deathbound Duke's Daughter, Shini Yasui Koushaku Reijou
©Shini Yasui Koushaku Reijou

Sinopse:

Uma noite, no início da primavera, Erika Aurelia, de oito anos, percebe que é a detestável vilã de um jogo otome chamado Liber Monstrorum: The Winter Maiden and the Phantasmic Beasts.
Como se isso já não fosse ruim o suficiente, o papel de Erika no jogo é incomodar a personagem principal… e depois morrer para iniciar uma série misteriosos de eventos! Esses incidentes são diferentes na rota de cada interesse amoroso, e sete rotas significam sete mortes a serem evitadas.
Não sendo alguém de atirar a tolha para o chão, Erika sabe que deve agir para destruir as suas bandeiras da morte, e como a sua vida está em jogo, não há tempo a perder!

Terasu Senoo serializou a novel Shini Yasui Koushaku Reijou no site Shōsetsuka ni Narō de abril de 2015 a junho de 2019. A editora Futabasha lançou o segundo volume do romance em dezembro de 2017.