Cowboy Bebop: Produção interrompida após lesão do actor John Cho

"A água pode fluir ou pode bater", uma analogia exaltando as virtudes de não se limitar

Cowboy Bebop era originalmente uma série de anime de género ficção científica, que foi ao ar no Japão no final dos anos 90. A série segue uma variedade incomparável de caçadores de recompensas que tripulam uma nave estelar, aceitando o trabalho sempre que podem, para ficarem livres da violência e da corrupção que ocorre desenfreada em todo o Sistema Solar.

De acordo com a Deadline, a produção de Cowboy Bebop, da Netflix, foi interrompida depois que John Cho foi ferido no set. Cho sofreu uma lesão durante a tomada final de uma cena que era inteiramente rotineira e havia sido extensivamente ensaiada, sendo descrita simplesmente como um acidente estranho. John Cho foi levado de volta para Los Angeles, para receber uma cirurgia no joelho, depois precisará de reabilitação para recuperar a função completa. Como resultado, a produção do programa foi encerrada, forçando um atraso que deve durar entre sete a nove meses.

A série Cowboy Bebop iniciou a produção há menos de duas semanas, e pelos vistos a produção de é incapaz de avançar sem Cho, já que ele está interpretando o personagem central do programa, Spike Spiegel.

Cowboy Bebop foi produzido pela primeira vez por Sunrise em 1998. Dirigida por Shinichiro Watanabe, com roteiros escritos por Keiko Nobumoto, personagens desenhados por Toshihiro Kawamoto e músicas compostas por Yoko Kanno, a série explora muitas filosofias existencialistas ao seguir as aventuras de Spike Spiegel e um grupo de caçadores de recompensas se desaprova a bordo da espaçonave titular Bebop no ano de 2071.