Starlink: Provedora de internet via satélite, recebe autorização para oferecer internet em Moçambique

Nesta terça-feira (22), o INCM (Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique), autorizou o uso de internet banda larga via satélite da Starlink, um projeto da SpaceX, companhia espacial do bilionário Elon Musk.

Segundo o comunicado, a entrada da Starlink, cuja licença foi oficialmente entregue nesta quarta-feira (23), o licenciamento desta entidade vai trazer enormes benefícios ao ecossistema das Tecnologias de Informação e Comunicação em Moçambique, complementando os outros serviços disponíveis no mercado sem, contudo, substituir as tecnologias já existentes.

Satélite Starlink SpaceX
Satélite Starlink | SpaceX

O comunicado revelou que uma das grandes apostas da Starlink, é fornecer banda larga ultra-rápida para o Continente Africano até ao final de 2022. O projeto da Starlink promete utilizar conexão via satélite para garantir um bom funcionamento da internet em regiões afastadas dos grandes centros urbanos, algo que sera possivel atraves do uso de satélites em órbita a cerca de 35.000 quilómetros da terra, o enxame Starlink está muito mais próximo, a cerca de 550 quilómetros, o que lhe permite reduzir o tempo de viagem de dados entre o utilizador e o satélite.

Fontes: INCM